segunda-feira, 28 de março de 2011

230311 / 250311

   Enfim descobri o que havia em meu bolso: você. Estava com a lembrança de que havia algo interessante, mas não sabia o quê. Agora já descobri, e o engraçado é que mesmo com minha descoberta, continuei encontrando-te em minhas músicas, em minhas roupas, em meus sapatos, em minha mochila, em meus cabelos e em minha mente. Os dias passando, e a cada dia uma descoberta. Isso é interessante, pois não me recordo de te-lo guardado em nenhum lugar desses. –e tudo isso por uma bala de canela.

tuberculo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...