quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Vó Detti

   Interessante. Essa é a palavra que posso descrever nesse momento. Aquela senhora, ah, que lindo. O ato, não as poesias. Lindo o ato de filosofar, de expressar os sentimentos em poesia. Lindo o ato de sair à rua e distribuir suas ideias a quem quiser recebê-las. Já é um inicio. Uma senhora com um blog de poesias, onde se vê isso? Aqui.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Pré-aula

   Que merda. Me sinto mal aqui também. Casa de campo, porra? “Vou pra minha casa de campo, bla bla, tenho duas, bla bla”. Que merda, me sinto mal mesmo. Não deveria ser assim. E os que não tem condições pra acompanhar? A arte e o conhecimento são exclusivos só a quem pode investir? Estou decepcionada. Não por isso, mas sim por estar me sentindo mal em um local que nao deveria. To chateada mesmo, e quero comer meu salgadinho de dinossauros.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Putz.

   Eu estou quase tendo a certeza de que não é a hora para eu escrever um livro. Não surgem ideias.

domingo, 8 de agosto de 2010

NÓS

e desde que eu te vi eu soube,
soube que meus olhos eram seus,
que sua boca era minha,
que metade do meu era seu

desde que Hefesto forjou a solda,
soldou seu corpo ao meu,
e meu corpo ao seu
completando assim meu eu,

e desde que  me vi como eu
vi voce como meu outro eu


                                             (LORETO,T;08/AGOS/10)

010610 III

   Aquela bolsa bege me salvou.

   Essa cor inexpressiva me salvou.

   Bem ela que não me agrada, me salvou.

   O bege inexpressivo, me salvou.

   De uma queda.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...