domingo, 21 de dezembro de 2008

R-esposta? R-evertério.

Aquela foto me fez pensar
E agora já sei que não devo te amar.

É difícil te esquecer,
Toda vez que tento
Tudo volta e me faz perceber
Que o que vivemos não foi em vão
E percebo que você ainda vive em meu coração.

Perdi a rima, perdi minha paixão
Cadê meu chão? Não acho as palavras
Copio os outros, não tenho mais estrada.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Não me conte seus problemas,
não quero nem saber.
Se pensa que vou tirar suas algemas,
pode desistir.
Sei que está aí sozinho no escuro,
onde ninguém vê.
Mas você não toma uma atitude,
sai do muro e vai viver!
Mas na verdade ninguém enxerga, ninguém vê.
Que estou sozinha sem você.
Que a verdade não se revela
O que eu posso fazer?

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Loja

Abri uma loja.
Onde tudo é posto à venda.
De sentimentos a coisas pequenas.

Talvez um dia você venha me visitar,
E traga algo para me doar.
Talvez uma caixinha de música,
Ou quem sabe, uma nova forma de amar.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...